Milênio Bus: transporte coletivo mais eficiente nas grandes cidades

A edição de 2019 da Competição de Ideias de Negócios Verdes, promovida pela ClimateLaunchpad em parceria com a Climate Ventures, já tem os seus sete finalistas selecionados entre 155 soluções inscritas. Milênio Bus, Conterra, Programa Mais, Global Forest Bond, Green Mining, BioHack e Amana Katu foram as escolhidas para concorrer a duas vagas para a grande final global da competição.

Nas próximas semanas você vai conhecer cada uma das soluções que prometem agitar o mercado com grandes benefícios para o clima. A primeira entrevista da série é com a Milênio Bus.

Solução para contagem de passageiros em tempo real

Marcel Carvalho e Vinícius Sammarone durante bootcamp de dois dias realizado em julho.

Marcel Carvalho e Vinícius Sammarone durante bootcamp de dois dias realizado em julho.

Criada em 2017, a solução da Milênio Bus possibilita a contagem dos passageiros do transporte coletivo em tempo real. Essas informações são automaticamente enviadas para uma plataforma que possibilita às empresas um melhor poder de gestão dos veículos, fazendo com que cada um opere com maior eficiência e atenda a demanda do público de acordo com as necessidades, seja em horários de pico ou horários com menor fluxo de passageiros. Confira abaixo nossa entrevista com o Diretor Comercial da empresa, Vinícius Sammarone.


Como surgiu a ideia para a criação da Milênio Bus?

Em 2017, participamos de um Hackaton para assuntos voltados ao tema de mobilidade urbana e identificamos que existe uma grande dificuldade em melhorar a eficiência do transporte público por conta da difícil gestão e tomada de decisões por parte das empresas atuantes nesse setor que, geralmente, são ocasionadas pela falta de informações colhidas ou reportadas para que as medidas preventivas possam ser tomadas. Percebemos que uma grande dor, tanto dessas empresas quanto dos passageiros, é que essa falta de informação reflete diretamente nas dificuldades em melhorar a parte de gestão de frotas fazendo com que os ônibus ao longo do dia, muitas vezes, estejam com maior lotação do que deveriam e em horários fora de pico circulam, grande parte, do tempo vazios.


Como participar da competição global de ideias de negócios verdes está ajudando a Milênio Bus?

A participação vem colaborando para a evolução e desenvolvimento do nosso trabalho para que cada decisão que seja tomada em questões de melhorias resulte significantemente no impacto que é causado no meio ambiente.

Conta pra gente como a Milênio Bus contribui beneficamente para as mudanças climáticas que precisamos?

Com o trabalho que estamos desenvolvendo foi possível identificar que ao adequarmos os veículos em circulação, de acordo com a demanda dos passageiros, o transporte operará com melhor eficiência tendo dentro de cada veículo a quantidade ideal de pessoas ao longo do dia. Essa eficiência refletirá diretamente na parte ambiental, fazendo com que as frotas operem com maior assertividade, resultando em uma grande redução de emissão de poluentes.


Qual é o maior sonho da Milênio Bus?

Sabermos que o que estamos criando será um marco para a sustentabilidade e mostrar que o nosso valor, acima de tudo, está no impacto que causaremos para beneficiar as pessoas que utilizam esse meio de transporte e a evolução positiva que traremos ao meio ambiente no projeto que desenvolvemos.


Por que a Milênio Bus deve vencer a Competição Global de Negócios Verdes?

Acreditamos no nosso potencial técnico para o desenvolvimento desse trabalho em grande escala e, acima de tudo, com um projeto inovador e impactante, teremos um grande retorno e aceitação tanto do público, como das empresas e órgãos gestores para solucionar as dificuldades que são enfrentadas no dia a dia de cada um e no impacto global que temos condições de atingir. 


Sobre a Competição de Ideias de Negócios Verdes

Pelo segundo ano consecutivo a Climate Ventures se une em parceria com a ClimateLaunchad para apoiar e mapear as ideias de negócios verdes no Brasil na maior competição global de ideias de negócios verdes. 

Sua missão é destravar o potencial de tecnologias limpas (cleantechs) de todo o mundo que tratem das mudanças climáticas. A competição visa criar um palco para estas ideias. Nos dias 14 e 15 de novembro serão realizadas as finais globais, em Amsterdam, onde conheceremos o grande campeão de 2019.

CLPArianny DiasComentário